sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Lepo Sumera (1950-2000) - Symphonies Nos.1-3


Disco sensacional do compositor estoniano Lepo Sumera, morto ainda muito jovem - aos cinquenta anos. "Filho de Ando, engenheiro, e Mary Sumera, designer têxtil, estudou acordeom entre os 7 e os 14 anos. Entre 1964 e 1968 estudou regência coral e composição com Veljo Tormis e, de 1968 a 1970, com o prestigiado professor Heino Eller, na Academia de Música Estoniana (então Conservatório de Tallinn). Depois da morte de Eller (1970) passou a estudar com Heino Jürisalu, graduando-se em 1973. Em 1972, casou-se com a pianista Kersti Einasto. O casal teve duas filhas (nascidas em 1977 e 1987) e um filho (nascido em 1984). Entre 1978 e 2000 ensinou composição e orquestração na Academia de Música Estoniana. Fez pós-graduação no Conservatório de Moscou (1979-1982) com o professor Roman Ledenev. Sumera foi um admirado sinfonista e um pioneiro na música eletroacústica e computadorizada. Escreveu seis sinfonias, numerosos trabalhos para teatro e cinema e uma grande variedade de peças de câmara. A música de Lepo Sumera foi executada na maioria dos países europeus, assim como nos EUA, Canadá, Japão e Austrália. O compositor morreu pouco depois de completar 50 anos, em consequência de um ataque cardíaco". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!


Lepo Sumera (1950-2000) - Symphonies Nos.1-3

01 - Symphony No 1 - I c72
02 - Symphony No 1 - II 60-84 - Allegro
03 - Symphony No 2 - I Moderato tranquillo
04 - Symphony No 2 - II Interludium
05 - Symphony No 2 - III Spirituoso
06 - Symphony No 3 - I Allegro ma non affettuoso
07 - Symphony No 3 - II Calmo
08 - Symphony No 3 - III Adagio - Animato
09 - Symphony No 3 - IV Larghetto quasi senza metrum

Malmo Symphony Orchestra
Paavo Järvi, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Johannes Brahms (1833-1897) - Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 e Symphony No. 1 in C minor Op. 68

Mais uma gravação da Primeira Sinfonia de Brahms para que fechemos bem os trabalhos no dia de hoje. Confesso que fiquei bastante curioso para ouvir o disco. Mas apesar de o programa prometer bastante (Variações sobre um tema de Haydn e a já aludida Primeira Sinfonia) a coisa não fluiu. Ficou pelo meio do caminho a minha expectativa. Mas confiram! É Brahms! Uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) - 

01. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Chorale_ St. Antoni - Andante
02. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 1 - Poco più animato
03. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 2 - Più vivace
04. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 3 - Con moto
05. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 4 - Andante con moto
06. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 5 - Vivace
07. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 6 - Vivace
08. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 7 - Grazioso
09. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Var. 8 - Presto non troppo
10. Brahms_ Variations on a Theme of Haydn, Op. 56 - Finale - Andante
11. Brahms_ Symphony No. 1 in C minor Op. 68 - Un poco sostenuto - Allegro
12. Brahms_ Symphony No. 1 in C minor Op. 68 - Andante sostenuto
13. Brahms_ Symphony No. 1 in C minor Op. 68 - Un poco allegretto e grazioso
14. Brahms_ Symphony No. 1 in C minor Op. 68 - Adagio - Più Andante - Allegro non troppo, ma con brio - Più allegro

Pittsburgh Symphony Orchestra
Marek Janowski, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Requiem In D Minor, K.626

Mais uma versão do Réquiem de Mozart. Trata-se certamente de uma das obras mais famosas do gênero. É uma obra solene e ao mesmo tempo trágica. Penso que pelo aspecto dramático, ela se aproxime do Romantismo. Estamos a falar de uma obra que foi escrita no final do século XVIII. Certamente, há fundamento para isso. Existem outras versões dessa estupenda obra com o Karajan. Esta aqui, por exemplo, gerou um entusiasmo inicial, mas que não permaneceu até o fim.  Claro, é a minha humilde e pobre opinião. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

01. Requiem In D Minor, K.626_ I. Introitus_ Requiem (chorus, soprano)
02. Requiem In D Minor, K.626_ II. Kyrie (chorus)
03. Requiem In D Minor, K.626_ III. Sequentia_ No. 1 Dies irae (chorus)
04. Requiem In D Minor, K.626_ III. Sequentia_ No. 2 Tuba mirum (soprano, contralto, tenor, bass)
05. Requiem In D Minor, K.626_ III. Sequentia_ No. 3 Rex tremendae (chorus)
06. Requiem In D Minor, K.626_ III. Sequentia_ No. 4 Recordare (soprano, contralto, tenor, bass)
07. Requiem In D Minor, K.626_ III. Sequentia_ No. 5 Confutatis (chorus)
08. Requiem In D Minor, K.626_ III. Sequentia_ No. 6 Lacrimosa (chorus)
09. Requiem In D Minor, K.626_ IV. Offertorium_ No. 1 Domine Jesu (chorus, soprano, contralto, tenor, bass)
10. Requiem In D Minor, K.626_ IV. Offertorium_ No. 2 Hostias (chorus)
11. Requiem In D Minor, K.626_ V. Sanctus (chorus)

Berliner Philharmoniker
Wiener Singverein
Herbert von Karjan, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


Sergei Prokofiev (1891-1893) - Violin Sonata No. 2 in D Major, Op. 94a e Mieczyslaw Weinberg (1919-1996) - Clarinet Sonata, Op. 28

Um disco surpreendentemente lindo, de uma sensibilidade bastante prazerosa. A obra de Prokofiev é uma transcrição. Ou seja, originalmente a obra foi escrita para piano e violino. Aqui ela ganha uma versão para piano e clarinete. O resultado ficou fascinante. A obra é uma delícia. É leve. Possui um forte tom "brincante" e um humor meio bufão. Ainda aparece no disco a Sonata para clarinete e piano de Mieczyslaw Weinberg. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Sergei Prokofiev_ Violin Sonata No. 2 in D Major, Op. 94a (Arr. K. Kennan for Clarinet & Piano)-I. Moderato
02. Sergei Prokofiev_ Violin Sonata No. 2 in D Major, Op. 94a (Arr. K. Kennan for Clarinet & Piano-II. Scherzo
03. Sergei Prokofiev_ Violin Sonata No. 2 in D Major, Op. 94a (Arr. K. Kennan for Clarinet & Piano-III. Andante
04. Sergei Prokofiev_ Violin Sonata No. 2 in D Major, Op. 94a (Arr. K. Kennan for Clarinet & Piano-IV. Allegro con brio
05. Mieczyslaw Weinberg_ Clarinet Sonata, Op. 28-I. Allegro
06. Mieczyslaw Weinberg_ Clarinet Sonata, Op. 28-II. Allegretto
07. Mieczyslaw Weinberg_ Clarinet Sonata, Op. 28-III. Adagio
08. Sergei Prokofiev_ Overture on Hebrew Themes, Op. 34-Overture on Hebrew Themes, Op. 34

Annelien Van Wauwe, clarinete
Lucas Blondeel, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo! 

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Rafael Blechacz - Johann Sebastian Bach

Esta é uma daquelas coletâneas ou compilações de que não gosto. Todavia, é bom ouvir uma vez ou outra pela diversidade que ela abriga. A DG gravou alguns desses discos com compilações variadas. A bola da vez é Johann Sebastian Bach. O disco traz algumas das obras mais importantes do compositor. No final, a experiência torna-se agradável. Vale a pena ouvir o disco. Há muita sensibilidade contida nele. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

01. Italian Concerto In F Major, BWV 971 - 1. (Allegro)
02. Italian Concerto In F Major, BWV 971 - 2. Andante
03. Italian Concerto In F Major, BWV 971 - 3. Presto
04. Partita No.1 In B Flat Major, BWV 825 - Prelude
05. Partita No.1 In B Flat Major, BWV 825 - Allemande
06. Partita No.1 In B Flat Major, BWV 825 - Courante
07. Partita No.1 In B Flat Major, BWV 825 - Sarabande
08. Partita No.1 In B Flat Major, BWV 825 - Menuet I & II
09. Partita No.1 In B Flat Major, BWV 825 - Gigue
10. 4 Duettos - 1. Duetto In E Minor, BWV 802
11. 4 Duettos - 2. Duetto In F Major, BWV 803
12. 4 Duettos - 3. Duetto In G Major, BWV 804
13. 4 Duettos - 4. Duetto In A Minor, BWV 805
14. Fantasia & Fugue In A Minor, BWV 944 - Fantasia
15. Fantasia & Fugue In A Minor, BWV 944 - Fugue
16. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Fantasia
17. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Allemande
18. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Corrente
19. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Sarabande
20. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Burlesca
21. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Scherzo
22. Partita No.3 In A Minor, BWV 827 - Gigue
23. Herz und Mund und Tat und Leben, Cantata BWV 147 - Jesu, Joy Of Man's Desiring (Arr. For Piano By Myra Hess)

Rafael Blechacz, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Philip Glass & Charles Coleman - Aguas da Amazonia

Um disco bastante agradável. Ouvi-o ontem. Hoje, voltei a ouvir mais uma vez. Ficou uma sensação bastante graciosa de como o olhar de Philip Glass e Charles Coleman foi bastante privilegiado para perceber como a maior bacia hidrográfica do mundo se estabelece. O disco procura criar "cenários" ou pelo descrever como os afluentes do Rio Amazonas são de fato. A música possui a marca Philip Glass de qualidade. Então, já se tem uma ideia daquilo que vai acontecer. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Philip Glass & Charles Coleman - Aguas da Amazonia

01. Tiquie River
02. Japura River
03. Purus River
04. Negro River
05. Madeira River
06. Tapajos River
07. Paru River
08. Xingu River
09. Amazon River
10. Metamorphosis I

MDR Leipzig Radio Symphony Orchestra Absolute Ensemble
Kristjan Järvi, prepared piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Benjamin Britten (1913-1976) - War Requiem, Op. 66

"War Requiem, Op. 66 é um réquiem não-litúrgico de autoria do compositor inglês Benjamin Britten. Trata-se de uma obra de grande escala composta em 1961 e finalizada em janeiro de 1962, na qual se intercalam, ao texto latino cantado da missa de réquiem, nove poemas musicados. São poemas contra a guerra, escritos pelo poeta inglês Wilfred Owen (1893 – 1918), morto em ação na Primeira Guerra Mundial, e funcionam como uma espécie de comentário irônico à missa de réquiem latina. A obra foi composta, sob encomenda, para a consagração da nova Catedral de Coventry, reconstruída depois que a estrutura original do século XIV foi destruída durante o bombardeio da cidade, na Segunda Guerra Mundial. O War Requiem inclui partes para soprano, tenor e barítono solistas, coro, órgão e duas orquestras (uma orquestra completa e uma orquestra de câmara). A orquestra de câmara, o tenor e o barítono acompanham as inserções de poesia de Owen, enquanto o soprano, os coros e a orquestra completa são usados nas partes em latim. Todos os componentes se combinam na conclusão. O War Requiem tem uma duração de aproximadamente 90 minutos". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Benjamin Britten (1913-1976) - 

01. War Requiem, Op. 66_ I. Requiem aeternam-_Requiem aeternam_ (Children's chorus)
02. War Requiem, Op. 66_ II. Requiem aeternam-_What Passing Bells_ (Tenor)
03. War Requiem, Op. 66_ III. Requiem aeternam-_Kyrie eleison_ (Chorus)
04. War Requiem, Op. 66_ IV. Dies irae-_ Dies irae, dies illa_ (Chorus)
05. War Requiem, Op. 66_ V. Dies irae-_Bugles Sang_ (Baritone)
06. War Requiem, Op. 66_ VI. Dies irae-_Liber scriptus_ (Soprano, Semi-chorus)
07. War Requiem, Op. 66_ VII. Dies irae-_Out there, We Walked quite friendly up to Death_ (Tenor, Baritone)
08. War Requiem, Op. 66_ VIII. Dies Irae-_Recordare_ (Women's Chorus)
09. War Requiem, Op. 66_ IX. Dies Irae-_Be Slowly Lifted Up_ (Baritone)
10. War Requiem, Op. 66_ X. Dies irae-_Dies irae_ (Chorus)
11. War Requiem, Op. 66_ XI. Dies Irae-_Lacrimosa dies illa_ (Chous)
12. War Requiem, Op. 66_ XII. Dies irae-_Move Him into the sun_ (Tenor, Soprano, Chorus)
13. War Requiem, Op. 66_ XIII. Offertorium-_Domine Jesu Christe_ (Children's Choir)
14. War Requiem, Op. 66. XIV. Offertorium-_So Abraham rose_ (Tenor, Baritone)
15. War Requiem, Op. 66_ XV. Sanctus-_Sanctus, Hosanna and Benedictus_ (Soprano, Chorus)
16. War Requiem, Op. 66_ XVI. Sanctus-_After the Blast of Lightning_ (Baritone)
17. War Requiem, Op. 66_ XVII. Agnus Dei-_One Ever Hangs...Agnus Dei_ (Tenor, Chorus)
18. War Requiem, Op. 66_ XVIII. Libera Me-_Libera Me_ (Soprano, Chorus)
19. War Requiem, Op. 66_ XIX. Libera me-_It Seemed that out of Battle I Escaped_ (Tenor, Baritone)
20. War Requiem, Op. 66_ XX. Libera me-_Let us Sleep now... In paradisum_ (Tutti)

Münchner Philharmoniker
Lorin Maazel, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Piano Concerto No. 2 in G Minor, Op.16 e Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - Piano Concerto No. 1 in B-Flat Minor, Op. 23

Este é o segundo disco que posto da jovem pianista Beatrice Rana. O primeiro trouxe as Variações Goldberg, de Bach. Aqui a moça adentra em um cenário bastante diferente. Temos duas espetaculares obras para piano. O primeiro deles é o Concerto número 2, de Prokofiev, de bastante exigência técnica. O segundo é o bastante popular Concerto para piano e orquestra, de Tchaikovsky. A interpretação é de alto nível. Rana se mostra à altura dos rigores das duas obras. Vale a pena ouvir. Uma boa apreciação!

01. Piano Concerto No. 2 in G Minor, Op.16_ I. Andantino - Allegretto
02. Piano Concerto No. 2 in G Minor, Op. 16_ II. Scherzo. Vivace
03. Piano Concerto No. 2 in G Minor, Op. 16_ III. Intermezzo. Allegro moderato
04. Piano Concerto No. 2 in G Minor, Op. 16_ IV. Finale. Allegro tempestoso
05. Piano Concerto No. 1 in B-Flat Minor, Op. 23_ I. Allegro non troppo e molto maestoso - Allegro con spirito
06. Piano Concerto No. 1 in B-Flat Minor, Op. 23_ II. Andantino semplice - Prestissimo
07. Piano Concerto No. 1 in B-Flat Minor, Op. 23_ III. Allegro con fuoco

Orchestra Dell'Accademia Nazionale di Santa Cecilia
Antonio Pappano, regente
Beatrice Rana, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


Strauss in St. Petersburg

A música da família Strauss raramente aparece por aqui. Não sou muito simpático para com a música produzida por eles. Claro, respeito aqueles que gostam desses artistas. Não é por deficiência criativa. É que a música é bastante previsível e, em alguns momentos, chega a "enjoar". Não há vales. Há apenas colinas ensolaradas. Os Strauss ficaram imensamente ricos à época em que viveram. Fizeram um sucesso enorme. Suas obras eram tocadas, reverenciadas nos salões reais; nas cortes dos mais variados países. Era uma música para distrair os burgueses ricos. Era a música dos flertes. Algumas são até agradáveis como, por exemplo, Wein, Weib und Gesang!, Op. 333 (a faixa treze deste disco). Sendo assim, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Newa-Polka, Op. 288
02. Persischer Marsch, Op. 289
03. Russischer Marsch, Op. 426 _Marche des gardes à cheval_
04. Großfürstin Alexandra-Walzer, Op. 181
05. Olga-Polka, Op. 196
06. Alexandrinen-Polka, Op. 198
07. Abschied von St. Petersburg, Op. 210
08. Bauern-Polka, Op. 276
09. Pizzicato-Polka
10. Großfürstin Marsch, Op. 107
11. Erste Liebe, Op. 14
12. Vergnügungszug, Op. 281
13. Wein, Weib und Gesang!, Op. 333
14. Krönungs-Marsch, Op. 183
15. Hofball-Quadrille, Op. 116
16. An der Wolga, Op. 425
17. St. Petersburg, Op. 255 _Hommage à St. Pétersburg-Quadrille_
18. Auf zum Tanze!, Op. 436
19. Russische Marsch-Fantasie, Op. 353
20. Alexander-Quadrille, Op. 33

Estonian National Symphony Orchestra
Neeme Järvi, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


domingo, 10 de dezembro de 2017

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Piano Concertos 9, 11 & 12

Não disponho de muitas informações sobre este disco. Exceto que ele traz o talentoso pianista Arthur Schoonderwoerd. O disco, apesar disso, não empolga. Há Mozart, mas a coisa não ganha contornos grandiosos. Fica uma sensação de que há um intervalo que não foi preenchido. Ouçamos o disco. É Mozart! Quanto mais nos aproximamos dele, mais somos tomados por uma sensação de beleza e isso é o que importa. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) -  

01. Piano Concerto No. 9 in E-Flat Major, K. 271 Jeunehomme I. Allegro
02. Piano Concerto No. 9 in E-Flat Major, K. 271 Jeunehomme II. Andantino
03. Piano Concerto No. 9 in E-Flat Major, K. 271 Jeunehomme III. Rondo Presto
04. Piano Concerto No. 11 in F Major, K. 413 I. Allegro
05. Piano Concerto No. 11 in F Major, K. 413 II. Larghetto
06. Piano Concerto No. 11 in F Major, K. 413 III. Tempo di minuetto
07. Piano Concerto No. 12 in A Major, K. 414 I. Allegro
08. Piano Concerto No. 12 in A Major, K. 414 II. Andante
09. Piano Concerto No. 12 in A Major, K. 414 III. Rondeau Allegretto

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Piano Concertos, Concerto for Violin, Cello and Piano in C major, Op. 56, Violin Concerto in D major, Op. 61 etc

Uma postagem megalomaníaca, dessas postagens de domingo. Escutei vagarosamente os quatro discos desta caixa ao longo da semana. E a coisa me pareceu excelente. O disco traz intérpretes e orquestras checos. Há nomes como o do excelente Václav Smetácek, um dos nomes mais importantes da regência daquele país. Os quatro discos se ocupam das obras orquestrais de Beethoven; há ainda os belos romances para violino. É algo para apreciar! As interpretações são boas. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

DISCO 01

01. Beethoven - Piano Concerto No.1 _ I. Allegro con brio
02. II. Largo
03. III. Rondo. Allegro scherzando
04. Beethoven - Piano Concerto No.3 _ I. Allegro con brio
05. II. Largo
06. III. Rondo. Allegro

DISCO 02

01. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 2 in B flat major, Op. 19 - I Allegro con brio
02. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 2 in B flat major - II Adagio
03. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 2 in B flat major - III Rondo. Molto allegro
04. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 4 in G major, Op. 58 - I Allegro moderato
05. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 4 in G major - II Andante con moto
06. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 4 in G major - III Rondo. Vivace
07. BEETHOVEN - Fantasia in C minor for Piano, Chorus and Orchestra, Op. 80

DISCO 03

01. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 5 in E flat major Emperor, Op. 73 - I Allegro
02. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 5 in E flat major - II Adagio un poco mosso
03. BEETHOVEN - Piano Concerto No. 5 in E flat major - III Rondo. Allegro
04. BEETHOVEN - Concerto for Violin, Cello and Piano in C major, Op. 56 - I Allegro
05. BEETHOVEN - Concerto for Violin, Cello and Piano in C major - II Largo
06. BEETHOVEN - Concerto for Violin, Cello and Piano in C major - III Rondo alla

DISCO 04

01. I Allegro ma non troppo
02. II Larghetto
03. III Rondo. Allegro
04. Romance for Violin and Orchestra No. 1 in G major, Op. 40
05. Romance for Violin and Orchestra No. 2 in F major, Op. 50

Prague Symphony Orchestra
Czech Philharmonic Orchestra
Václav Smetácek, regente
Kurt Masur, regente
Jon Panenka, piano
Josef Suk, violino
Josef Chruchro, violoncelo

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


sábado, 9 de dezembro de 2017

Joseph Haydn (1732-1809) - L'isola disabitata, Sinfonia Concertante & Symphony No. 100 in G, "Militar"

Postagenzinha de excelente qualidade. Traz a música do incansável, do infatigável Joseph Haydn. O compositor austríaco compôs tanta coisa boa que, quanto mais ouvimos a sua obra, mais fica a certeza de algo positivo sobre aquilo que ele escreveu. O destaque do disco fica por conta da Sinfonia Concertante e da já conhecida Sinfonia No. 100, também chamada de "Militar". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Joseph Haydn (1732-1809) - 

01. L'isola disabitata, Hob.XXVIII_9_ Overture
02. I. Allegro
03. II. Andante
04. III. Allegro con spirito
05. I. Adagio - Allegro
06. II. Allegretto
07. III. Minuet_ Moderato
08. IV. Finale_ Presto

Netherlands Chamber Orchestra
Gordan Nikolic, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Robert Schumann (1810-1856) - Chamber Music

Schumann foi um compositor de uma sensibilidade incomum na história da música. Quem escuta a sua obra para piano, coloca-o entre os grandes das harmonias perfeitas; de uma capacidade poética grandiosa. Sua música é "desesperadamente" romântica, uma música cuja capacidade criativa não nos deixa outra possibilidade a não ser a admiração. Todavia, Schumann escreveu obras camerísticas também. Não preciso mencionar que elas são especiais. Certamente, ao lado de Schubert, Brahms, Mendelssohn e Beethoven, Schumann escreveu obras cuja beleza dificilmente pode ser comparada a outro compositor. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Robert Schumann (1810-1856) - 

01. Märchenerzählungen, Op. 132_ I. Lebhaft, nicht zu schnell
02. Märchenerzählungen, Op. 132_ II. Lebhaft und sehr markiert
03. Märchenerzählungen, Op. 132_ III. Ruhiges tempo, mit zartem Ausdruck
04. Märchenerzählungen, Op. 132_ IV. Lebhaft, sehr markiert
05. 3 Romances, Op. 94_ No. 1 in A Minor
06. 3 Romances, Op. 94_ No. 2 in A Major
07. 3 Romances, Op. 94_ No. 3 in A Minor
08. Adagio & Allegro, Op. 70_ Adagio
09. Adagio & Allegro, Op. 70_ Allegro
10. Fantasiestücke, Op. 73_ No. 1. Zart und mit Ausdruck
11. Fantasiestücke, Op. 73_ No. 2. Lebhaft, leicht
12. Fantasiestücke, Op. 73_ No. 3. Rasch und mit Feuer
13. Märchenbilder, Op. 113_ I. Nicht schnell
14. Märchenbilder, Op. 113_ II. Lebhaft
15. Märchenbilder, Op. 113_ III. Rasch
16. Märchenbilder, Op. 113_ IV. Langsam, mit melancholischem Ausdruck

Daniel Levy, piano
Nicolás Chumachenco, viola/violin
Antony Morf, clarinet
Pietro Borgonovo, oboe
Marcello Rota, horn

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Jazz - Jazz 'Round Midnight - Bill Evans

"William John "Bill" Evans foi um pianista norte-americano, considerado um dos mais importantes músicos de jazz da história, sendo até hoje uma das referências do piano de jazz pós-50. Seu uso da harmonia impressionista, suas interpretações inventivas do repertório tradicional de jazz e suas linhas melódias sincopadas e polirrítmicas influenciaram toda uma geração de pianistas, incluindo Herbie Hancock, Denny Zeitlin, Chick Corea e Keith Jarrett. Seu trabalho continua a influenciar jovens pianistas como Fred Hersch, Esbjörn Svensson, Bill Charlap e Lyle Mays, e músicos que tocam outros instrumentos, como o guitarrista John McLaughlin". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Turn Out The Stars
02. Spring Is Here
03. For Heaven's Sake
04. Valse
05. If You Could See Me Now
06. Goodbye
07. Elsa
08. Quiet Now
09. Time Remembered
10. My Man's Gone Now
11. My Foolish Heart
12. Danny Boy

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Cello Sonatas - Giacomo Facco, Domenico Porretti, Luigi Boccherini & Pablo Vidal

Postei um disco repetido há alguns instantes. Percebi logo em seguida. Procurei outra coisa para postar e lembrei que havia escutado este excelente disco do selo Naxos ao longo da semana. O disco reúne um número interessante de compositores os quais não havia escutado ainda - com exceção de Boccherini - e que surge aqui pela primeira vez. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Facco Baletto No.3 in C major for two cellos - I. Preludio
02. II. Allemanda
03. III. Sarabanda
04. IV. Gavotta
05. Porretti Sonata in D major for cello and continuo - I. Andante
06. II. Allegro
07. III. Adagio
08. IV. Allegro
09. Boccherini Sonata in C major for cello and continuo, G.74 - I. Allegro
10. II. Largo
11. III. Allegro
12. Boccherini Sonata in G major for cello and continuo, G.5 - I. Largo
13. II. Allegro alla Militaire
14. III. Menuetto
15. Boccherini Sonata in C minor for cello and continuo - I. Andantino
16. II. Adagio
17. III. Allegretto
18. Vidal Andante Gracioso for cello and continuo

Josep Bassal and Wolfgang Lehner, cello

Você pode comprar este disco na Amazon


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jazz - Dizzy Gillespie Small Groups - Night In Tunisia

Voltamos com o nosso jazz de quinta-feira. E dessa vez com um peso-pesado do bop - Dizzy Gilliespie. Ele "foi um trompetista, líder de orquestra, cantor e compositor de jazz, sendo, a par de Charlie Parker, uma das maiores figuras no desenvolvimento do movimento bebop no jazz moderno. Nascido na Carolina do Sul, Dizzy era um instrumentista virtuoso e um improvisador dotado. A juntar às suas capacidades instrumentais, os seus óculos, a sua forma de cantar e tocar (com as bochechas extremamente inchadas), o seu trompete recurvo e a sua personalidade alegre faziam dele uma pessoa especial, dando um aspecto humano àquilo que muitos, incluindo alguns dos seus criadores, classificavam como música assustadora. Em relação à forma de tocar, Gillespie construiu a sua interpretação a partir do estilo "saxofónico" de Roy Eldridge indo depois muito além deste. As suas marcas pessoais eram o seu trompete (com a campânula inclinada 45º em vez de ser a direito) e as suas bochechas inchadas (tradicionalmente os trompetistas são ensinados a não fazer “bochechas”)". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dizzy Gillespie Small Groups - Night In Tunisia

01. 52th Street Theme
02. Night In Tunisia
03. Ol' Man Rebop
04. Anthropology
05. 'Round About Midnight
06. When I Grow Old To Dream
07. Oop Bob Sh'bam
08. One Bass Hit (Part 1)
09. That's Earl, Brother
10. I Can't Get Started
11. Good Bait
12. Blue 'n Boogie
13. Dizzy Atmosphere
14. All The Things You Are
15. Salt Peanuts
16. Hot House
17. Shaw 'Nuff
18. Confirmation
19. Diggin' For Diz
20. Dynamo A
21. Dynamo B
22. Hallelujah

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Sergei Prokofiev (1891-1953) - Violin Concerto No.2 in G minor, op.63, Sonata for 2 violins in C major, op.56, Sonata for violin and piano in F minor, op.80 no.1

Um disco fascinante com a música de Sergei Prokofiev. Como já deixei explícito aqui em outros momentos, sou um grande admirador da música do russo. Neste disco aparece o imponente Concerto número 2 para piano e orquestra - regido pelo jovem Vladimir Jurowski - e duas outras sonatas para violino e piano. Ao violino, temos a bonita e talentosa Janine Jansen. Trata-se de um disco bastante imponente e cerebral - bem ao padrão Prokofiev. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!
Sergei Prokofiev (1891-1953) -

01. Violin Concerto No.2 in G minor, op.63 - I. Allegro moderato
02. Violin Concerto No.2 in G minor, op.63 - II. Andante assai
03. Violin Concerto No.2 in G minor, op.63 - III. Allegro, ben marcato
04. Sonata for 2 violins in C major, op.56 - I. Andante cantabile
05. Sonata for 2 violins in C major, op.56 - II. Allegro
06. Sonata for 2 violins in C major, op.56 - III. Commodo (quasi allegretto)
07. Sonata for 2 violins in C major, op.56 - IV. Allegro con brio
08. Sonata for violin and piano in F minor, op.80 no.1 - I. Andante assai
09. Sonata for violin and piano in F minor, op.80 no.1 - II. Allegro brusco
10. Sonata for violin and piano in F minor, op.80 no.1 - III. Andante
11. Sonata for violin and piano in F minor, op.80 no.1 - IV. Allegrissimo

London Philharmonic Orchestra
Vladimir Jurowski, regente
Boris Brovtsyn, violino
Itamar Golan, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - Piano Concertos, BWV 1052, 1055, 1056

Um disco bastante interessante do selo Erato. O presente disco traz três concertos para piano do mestre alemão Johann Sebastian Bach. A interpretação fica a cargo da pianista portuguesa Maria João Pires, uma das grandes pianistas da atualidade. Pires ficou famoso ainda nos anos 70, período em que ganhou alguns prêmios internacionais por conta de suas interpretações soberbas.

Johann Sebastian Bach (1685-1750) - 

01. Piano Concerto No. 1 in D minor BWV 1052 - I. Allegro
02. II. Adagio
03. III. Allegro
04. Piano Concerto No. 4 in A major BWV 1055 - I. Allegro
05. II. Larghetto
06. III. Allegro ma non tanto
07. Piano Concerto No. 5 in F minor BWV 1056 - I. Allegro
08. II. Largo
09. III. Presto

Gulbemkian Orchestra
Maria João Pires, piano
Michel Corboz, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Johannes Brahms (1833-1897) - German Requiem, Op. 45

O Réquiem de Brahms é uma das coisas mais bonitas e desesperadoras que já foram escritas. É uma música que acalenta os mortos, mas que assusta os vivos. Existem inúmeras versões dessa obra monumental de Brahms. Neste disco, ganhamos mais uma com Valéry Gergiev. Eu não sei o que aconteceu, mas o seu "réquiem" não decolou. Ficou bem aquém da atmosfera da obra, que exige pulso firme para que se perceba a sua monumentalidade trágica - apesar de Gergiev ser um regente fenomenal (essa claro é a minha humilde opinião). Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Johannes Brahms (1833-1897) - 

01. German Requiem, Op. 45_ Selig sind, die da Leid tragen
02. German Requiem, Op. 45_ Denn alles Fleisch es ist wie Gras
03. German Requiem, Op. 45_ Herr, lehre doch mich
04. German Requiem, Op. 45_ Wie lieblich sind deine Wohnungen
05. German Requiem, Op. 45_ Ihr habt nun Traurigkeit
06. German Requiem, Op. 45_ Denn wir haben hie keine bleibende Statt
07. German Requiem, Op. 45_ Selig sind die Toten

London Symphony Orchestra
London Symphony Chorus
Valery Gergiev, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Louth Contemporary Music Society - A Place Between - Tavener, Pärt, Knaifel, Sivestrov, Gorecki & Cage

Um disco bastante agradável, pelo repertório que reúne. A música aqui é contemporânea. Todos os compositores são do século XX. Alguns ainda estão vivos como é o caso de Cage e Arvo Pärt, por exemplo. Fiquei impressionado com a obra 25.X.1893... P.I.Tchaikovsky No.2 'Lullaby', de Silvestrov (que aparece por aqui pela primeira vez). Em suma: é um disco com uma música bastante interessante e agradável. Vale a pena ouvir! Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Tavener - Ikon of Joy and Sorrow
02. Part - Hymn to a Great City
03. Knaifel - O Heavenly King
04. Silvestrov - Ikon
05. Silvestrov - 25.X.1893... P.I.Tchaikovsky No.2 'Lullaby'
06. Part - Da Pacem Domine
07. Gorecki - Good Night - I. Lento (Adagio) - Tranquillo
08. Gorecki - Good Night - II. Lento tranquillissimo
09. Gorecki - Good Night - III. Lento - largo- dolcissimo - cantabillissimo
10. Cage - In a Landscape

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Karol Szymanowski (1882-1937) - Works for Violin & Piano

Disquinho bastante interessante com a música do polonês Karol Szymanowski. O Duo Brüggen-Plank  estabelece um diálogo bastante íntimo e entrosado das duas musicistas. Szymanowski foi um compositor bastante habilidoso do início do século XX. Produziu uma obra "graúda", digna de admiração. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Violin Sonata in D Minor, Op. 9_ I. Allegro moderato, patetico
02. Violin Sonata in D Minor, Op. 9_ II. Andantino tranquillo e dolce
03. Violin Sonata in D Minor, Op. 9_ III. Finale_ Allegro molto, quasi presto
04. Mythes, Op. 30_ No. 1. The Fountain of Arethusa
05. Mythes, Op. 30_ No. 2. Narcissus
06. Mythes, Op. 30_ No. 3. Dryads and Pan
07. Harnasie, Op. 55_ Danse paysanne (Arr. P. Kochanski for Violin & Piano)
08. La berceuse d'Aïtacho Enia, Op. 52
09. King Roger, Op. 46_ Roxana's Aria (Arr. P. Kochanski for Violin & Piano)
10. Nocturne & Tarantella, Op. 28_ Nocturne
11. Nocturne & Tarantella, Op. 28_ Tarantella

Duo Brüggen-Plank 

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

W. A. Mozart (1756-1791) - 2 German sacred songs, K 343, No 1 O Gottes Lamm, etc, Michael Haydn (1836-1806) - German Mass, MH 560, L. Mozart (1717-1787) - 18 - Miss brevis in C Major

Um disco espetacular! Elegante em essência. Reúne aquilo que de mais bonito e sublime a música vienense reuniu em matéria de beleza religiosa. O registro reúne três nomes importantes do classicismo austríaco - Mozart (pai e filho) e o irmão de Joseph Haydn, Michael Haydn, que também foi um excelente compositor. O ponto alto do disco fica por conta da seleção de Johannes Prinz e a grandiloquência da música coral. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01 - Herr, konnt ich reden
02 - Du wirst uns immer lieben
03 - God is our Refuge, K 20
04 - 2 German sacred songs, K 343, No 1 O Gottes Lamm
05 - Sancta Maria, mater Dei, K 273
06 - Kyrie in F Major, K 33
07 - Lauft ihr Hirten allzugleich, MH 217
08 - Heiligste Nacht
09 - Stern auf diesem Lebensmeere, MH 686
10 - Sei, Mutter der Barmherzigkeit
11 - Salve Regina
12 - Stella caeli, MH 306
13 - In sabbato sancto, MH 278, O vos omnes, qui transitis per viam
14 - Tenebrae in E-Flat Major, MH 162
15 - Alleluia Confitemini quoniam, MH 696
16 - Deinem Heiland
17 - Deutsches Te Deum, MH 672, Herr, grosser Gott
18 - Miss brevis in C Major, Kyrie
19 - Miss brevis in C Major, Gloria
20 - German Mass, MH 560, Kyrie
21 - German Mass, MH 560, Gloria
22 - German Mass, MH 560, Vor dem Evangelium
23 - German Mass, MH 560, Credo
24 - German Mass, MH 560, Offertory
25 - German Mass, MH 560, Sanctus
26 - German Mass, MH 560, Nach der Wandlung
27 - German Mass, MH 560, Agnus Dei
28 - German Mass, MH 560, Communion
29 - German Mass, MH 560, Abschluss

Wiener Chamber Choir
Johannes Prinz, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 3 de dezembro de 2017

Anton Dvorak (1841-1904) - Symphony No.9 From the New World e Hector Berlioz (1803-1869) - Overture Le carnaval romain

Postagem de final de noite. Temos a maravilhosa Sinfonia em mi menor, mais conhecida como Sinfonia do Novo Mundo. É um dos trabalhos de música clássica mais conhecidos e populares. A música é romântica em essência. Revela a maestria do compositor checo Anton Dvórak e suas percepções sobre o continente americano. Ela foi escrita em 1892, período este em que o compositor estava nos Estados Unidos. Àquela altura, Dvorak estava encantado com as belezas do imenso e plural país, ao mesmo tempo em que estava embriado de saudades de sua terra. O trabalho revela, assim, uma simbiose dos temas eslavos (da origem do compositor) e da nova e febricitante terra (com sua multiplicidade cultural). Esse diálogo cria um trabalho belo e trágico. Ainda surge no trabalho o compositor francês Hector Berlioz. A regência fica a cargo Norichika Iimori, à frente da Tokyo Symphony Orchestra. Não deixe de ouvir este bom registro. Uma boa apreciação!

01. Symphony No.9_From the New World_ 1st movement
02. Symphony No.9_From the New World_ 2nd movement
03. Symphony No.9_From the New World_ 3rd movement
04. Symphony No.9_From the New World_ 4th movement
05. Overture_Le carnaval romain_

Tokyo Symphony Orchestra
Norichika Iimori, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Richard Wagner (1813-1883) - Lohengrin, WWV 75

"Lohengrin é uma ópera romântica em três atos de Richard Wagner, que também foi responsável pelo libreto. Sua estreia aconteceu em Weimar, Alemanha, em 28 de agosto de 1850 sob direção de Franz Liszt, amigo próximo de Wagner. A história de Percival (ou Parsival) e seu filho Lohengrin, o cavaleiro do cisne, provém da literatura medieval germânica, especialmente do Parzival, de Wolfram von Eschenbach, e da sua continuação anônima, Lohengrin, inspirada na saga de Garin Le Lorrain (ou Garin le Loherin), a qual integra a Gesta dos Lorenos, ciclo de cinco canções de gesta dos séculos XII e XIII, escritas em loreno românico". Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Richard Wagner (1813-1883) -

DISCO 01

01. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 1_ Prelude
02. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 1_ Hört, Grafen, Edle, Freie von Brabant! (Herald, Brabantines, The King, Saxons and Thuringians)
03. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 1_ Dank, König, dir, daß du zu richten kamst! (Friedrich, All The Men, The King, Herald)
04. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 2_ Seht hin! Sie naht, die hart Beklagte! (All The Men, The King, Elsa)
05. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 2_ Einsam in trüben Tagen hab ich zu Gott gefleht (Elsa, All The Men, The King, Friedrich, Brabantines)
06. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 2_ Des Ritters will ich wahren (Elsa, All The Men, The King, Herald)
07. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 2_ Ohn' Antwort ist der Ruf verhallt! (All The Men, Friedrich, Elsa, The King, Herald, Women)
08. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 3_ Nun sei bedankt, mein lieber Schwan! (Lohengrin, Men, Women, The King, Elsa)
09. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 3_ Wenn ich im Kampfe für dich siege (Lohengrin, Elsa)
10. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 3_ Welch holde Wunder muß ich sehn! (Men, Women, Lohengrin,
11. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 3_ Nun höret mich und achtet wohl (Herald, All The Men, Lohengrin,
12. Lohengrin, WWV 75, Act I_ Act I Scene 3_ Durch Gottes Sieg ist jetzt dein Leben mein (Lohengrin, The King,
13. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 1_ Introduction
14. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 1_ Erhebe dich, Genossin meiner Schmach! (Friedrich, Ortrud)
15. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 1_ Was macht dich in so wilder Klage doch vergehn_ (Ortrud, Friedrich)

DISCO 02

01. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 1_ Du wilde Seherin, wie willst du doch (Friedrich, Ortrud)
02. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 2_ Euch Lüften, die mein Klagen (Elsa, Ortrud, Friedrich)
03. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 2_ Elsa! (Ortrud, Elsa)
04. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 2_ Ortrud, wo bist du_ (Elsa, Ortrud, Friedrich)
05. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 3_ In Früh'n vesammelt uns der Ruf (Nobles, Soldiers)
06. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 3_ Des Königs Wort und Will' tu' ich euch kund (Herald, Men)
07. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 3_ Nun hört! Dem Lande will er uns entführen_ (Brabantine Nobles, Friedrich, Pages)
08. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 4_ Gesegnet soll sie schreiten (Nobles, Soldiers, Men, Women)
09. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 4_ Zurück, Elsa! Nicht länger will ich dulden - Scene 5_ Heil! (Ortrud, Pages, Men, Elsa,
10. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 5_ O König! Trugbetörte Fürsten! Haltet ein! (Friedrich, The King, Men, Women, Pages, Lohengrin)
11. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 5_ Welch ein Geheimnis muß der Held bewahren_ (The King, Men, Friedrich, Ortrud, Elsa)
12. Lohengrin, WWV 75, Act II_ Act II Scene 5_ Mein Held, entgegne kühn dem Ungetreuen! (The King, Men,

DISCO 03

01. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 1_ Prelude
02. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 1_ Treulich geführt, ziehet dahin (Men, Women, 8 Ladies)
03. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 2_ Das süße Lied verhallt (Lohengrin, Elsa)
04. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 2_ Wie hehr erkenn' ich unsrer Liebe Wesen! (Lohengrin, Elsa)
05. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 2_ Höchstes Vertrauen hast du mir schon zu danken (Lohengrin, Elsa)
06. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 2_ Ach nein! (Elsa, Lohengrin)
07. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 3_ Heil König Heinrich! (All The Men, The King)
08. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 3_ Was bringen die_ (All The Men, The King, Brabantine Nobles, Brabantines, Lohengrin, Women)
09. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 3_ In fernem Land, unnahbar euren Schritten (Lohengrin, Men, Women)
10. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 3_ Mir schwankt der Boden! Welche Nacht! (Elsa, Men, Women, Lohengrin)
11. Lohengrin, WWV 75, Act III_ Act III Scene 3_ Mein lieber Schwan! (Lohengrin, The King, Men, Women, Ortrud, Elsa)

Royal Concertgebouwn Orchestra
Sir Mark Elder, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2
BAIXAR AQUIparte3

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sábado, 2 de dezembro de 2017

Emilio de Cavalieri (c.1550-1602) - Lamentations

É a primeira vez que Emilio de Cavalieri aparece por aqui. O compositor faz parte da Renascença italiana. Foi um importante personagem do momento histórico em que viveu. Era, acima de tudo, um grande humanista. Foi organista, produtor, coreógrafo, diplomata, compositor, bailarino e acabou por atuar em muitas outras frentes. Sua atuação ajudou a firmar o estilo recitativo e a ópera. Neste bonito disco, temos suas Lamentações, uma obra religioso de grande e profusa beleza. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação! 

Emilio de Cavalieri (c.1550-1602) -

01. In te Domine speravi (Falsobordone)
02. Prima die_ Lectio prima - Incipit
03. Prima die_ Lectio prima - Aleph
04. Prima die_ Lectio prima - Quomodo sedet sola
05. Prima die_ Lectio prima - Beth
06. Prima die_ Lectio prima - Plorans ploravit
07. Prima die_ Lectio prima - Gimel
08. Prima die_ Lectio prima - Migravit judas
09. Prima die_ Lectio prima - Daleth
10. Prima die_ Lectio prima - Viae Sion lugent
11. Prima die_ Lectio prima - Hierusalem convertere ad dominum tuum
12. Prima die_ Repons - Eram quasi agnus
13. Ricercar XIX - (Paolo Quagliati)
14. Prima die_ Lectio secunda - Vau
15. Prima die_ Lectio secunda - Et egressus est
16. Prima die_ Lectio secunda - Zaïn
17. Prima die_ Lectio secunda - Recordata est Hierusalem
18. Prima die_ Lectio secunda - Heth
19. Prima die_ Lectio secunda - Peccatum peccavit Hierusalem
20. Prima die_ Lectio secunda - Hierusalem convertere ad dominum tuum
21. Prima die_ Repons - Una hora
22. Secunda die_ Lectio prima - De lamentatione
23. Secunda die_ Lectio prima - Heth
24. Secunda die_ Lectio prima - Cogitavit Dominus
25. Secunda die_ Lectio prima - Caph
26. Secunda die_ Lectio prima - Defecerunt
27. Secunda die_ Lectio prima - Hierusalem convertere ad dominum tuum
28. Secunda die_ Repons - Caligaverunt oculi mei
29. Miserere mei, Deus (Fabrizio Dentice)

Le Pòeme Harmonique 
Vincent Dumestre, direção


Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI
  
*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Antonio Vivaldi (1648-1741) - Nuova Stagione


Um bonito disco com a música de Vivaldi - como os tantos discos que postamos com a música do mestre italiano. É curioso que todas as vezes que vamos escutar Vivaldi, já sabemos o que nos espera - uma música agradável, pontual, sem muitos sustos. Vivaldi compunha de maneira fácil, de forma graciosa. Não deixe de ouvir este disco nesse início de tarde de sábado. Uma boa apreciação!

Antonio Vivaldi (1648-1741) -

01 - Concerto for Violin and Organ in C Major, RV 808; I. Allegro
02 - II. Largo
03 - III. Allegro
04 - Concerto for Cello in A Minor, RV 420; I. Andante
05 - II. Adagio
06 - III. Allegro
07 - Concerto for Traverso in E Minor, RV 431; I. Allegro
08 - II. Andante
09 - III. Allegro
10 - Concerto for Violin in C Major, RV 194; I. Allegro ma poco
11 - II. Largo
12 - III. Allegro
13 - Concerto for Traverso in A Minor, RV 440; I. Allegro non molto
14 - II. Larghetto
15 - III. Allegro
16 - Concerto for Cello in D Major, RV 403; I. Allegro
17 - II. Andante e spiritoso
18 - III. Allegro
19 - Concerto for Violin in D Minor, RV 235; I. Allegro non molto
20 - II. Adagio
21 - III. Allegro
22 - Concerto for Violin and Organ in G Minor, After RV 517; I. Allegro
23 - II. Andante
24 - III. Allegro

Gli Incogniti
Amandine Beyer

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo! 

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Franz Schubert (1797-1828) - onatas D784 & 960 - Grazer Fantasy D 605A

Um bonito disco com a música de Schubert. Um disco cuja sensibilidade provoca uma sensação profunda de bem estar. A pianista Maria Perrota nos apresenta um Schubert absurdamente intimista. E, de fato, Schubert foi um daqueles compositores inquietos, de produção à jato. Compunha num ritmo alucinante. Sua parca, limitada vida, deixa-nos uma lição de como alguém poderia ser tão produtivo. E como essa produtividade resultava sempre em algo de boa qualidade. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) - 

01. Schubert Piano Sonata No.14 In A Minor, D.784 - 1. Allegro giusto
02. Schubert Piano Sonata No.14 In A Minor, D.784 - 2. Andante
03. Schubert Piano Sonata No.14 In A Minor, D.784 - 3. Allegro vivace
04. Schubert Piano Sonata No.21 In B Flat, D.960 - 1. Molto moderato
05. Schubert Piano Sonata No.21 In B Flat, D.960 - 2. Andante sostenuto
06. Schubert Piano Sonata No.21 In B Flat, D.960 - 3. Scherzo (Allegro vivace con delicatezza)
07. Schubert Piano Sonata No.21 In B Flat, D.960 - 4. Allegro ma non troppo
08. Schubert Fantasie in C Major, D.605a  - Grazer

Maria Perrotta, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Carl Friedrich Abel (1723-1787) - Symphoneis, Op. 7

Carl Friedrich Abel foi um importante compositor alemão, hoje vivendo numa espécie de "limbo histórico". É a segunda vez que ele aparece por aqui. Este é o primeiro disco integralmente seu postado neste humilde espaço. Dizem os especialista que Abel foi um grande mestre da viola da gamba, tendo escrito uma quantidade de obras relevantes para o instrumento. Foi aluno de Johann Sebastian Bach, tendo mais tarde se radicado na Inglaterra, aproximando-se de Johann Christian Bach. Com ele, Abel compôs uma importante parceria. Eles criaram os famosos "concertos de Bach e Abel". A principal característica da música de Abel é a riqueza melódica e harmônica. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Carl Friedrich Abel (1723-1787) - Symphoneis, Op. 7

01. Symphony in D Major, Op. 7 No. 3, WKO 15_ I. Allegro
02. Symphony in D Major, Op. 7 No. 3, WKO 15_ II. Andante sempre piano
03. Symphony in D Major, Op. 7 No. 3, WKO 15_ III. Presto
04. Symphony in B-Flat Major, Op. 7 No. 2, WKO 14_ I. Allegro
05. Symphony in B-Flat Major, Op. 7 No. 2, WKO 14_ II. Andante sempre piano
06. Symphony in B-Flat Major, Op. 7 No. 2, WKO 14_ III. Allegro assai
07. Symphony in G Major, Op. 7 No. 1, WKO 13_ I. Allegro
08. Symphony in G Major, Op. 7 No. 1, WKO 13_ II. Andante
09. Symphony in G Major, Op. 7 No. 1, WKO 13_ III. Allegro
10. Symphony in E-Flat Major, Op. 7 No. 6, WKO 18_ I. Allegro
11. Symphony in E-Flat Major, Op. 7 No. 6, WKO 18_ II. Andante
12. Symphony in E-Flat Major, Op. 7 No. 6, WKO 18_ III. Presto
13. Symphony in F Major, Op. 7 No. 4, WKO 16_ I. Allegro di molto
14. Symphony in F Major, Op. 7 No. 4, WKO 16_ II. Andante sempre piano
15. Symphony in F Major, Op. 7 No. 4, WKO 16_ III. Tempo di Menuetto
16. Symphony in C Major, Op. 7 No. 5, WKO 17_ I. Allegro
17. Symphony in C Major, Op. 7 No. 5, WKO 17_ II. Andantino
18. Symphony in C Major, Op. 7 No. 5, WKO 17_ III. Prestissimo

La Stagione Frankfurt
Michael Schneider, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!