quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Jazz - Aurora

Disquinho de jazz bem diferente daquilo que estamos acostumados a postar - e de boa qualidade. O registro foge um pouco do cenário do bom e velho bop. O disco está mais para o cenário do fusion. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Daddy Trane & Cousin Wayne
02. Buejerk
03. The Music Of My People
04. Ghosts
05. Two Hats
06. Like Latin
07. Buell St. Blues
08. Round Midnight
09. I Go (rs) Bleu (s)
10. Pete's Boogie
11. El A

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Veni Emmanuel Music for Advent

Este conjunto de discos lançado pela Harmonia Mundi é de uma beleza única. Postei um primeiro chamado Requiem Music for All Saints & All Souls, que teve um número considerável de acesso. Segue o segundo disco, cujo título Veni Emmanuel. O disco vale a pena ser escutado. A música é delicada e irradia uma música delicada. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Veni, veni Emmanuel
02. Vigilate
03. Antiphon I_ O Sapientia
04. The fear of the Lord
05. Antiphon II_ O Adonaï
06. O Adonai, et Dux domus Israel
07. Antiphon III_ O Radix Jesse
08. Es ist ein Ros entsprungen
09. Antiphon IV_ O Clavis David
10. Audivi vocem de caelo
11. Antiphon V_ O Oriens
12. Hymn to the Creator of Light
13. Wie schön leuchtet der Morgenstern, BWV 436
14. Christus_ Say, where is He born... _ There shall a star from Jacob
15. Antiphon VI_ O Rex Gentium
16. Bethlehem Down
17. I sing of a maiden
18. Antiphon VII_ O Emmanuel
19. God Is With Us
20. Antiphon VIII_ O Virgo virginum
21. All-Night Vigil, Op. 37_ VI_ Bogoroditse Dyevo
22. Gloucester Service_ Magnificat
23. O come, O come, Emmanuel

Choir of Clare College, Cambridge
Nicolas Haigh, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Marin Marais (1656-1728) - Pieces de Viole du Troisieme Livre (1711)

Marin Marais "estudou composição com Jean-Baptiste Lully e frequentemente regia as óperas do mestre. Estudou viola da gamba com Monsieur de Sainte-Colombe por seis meses. Posteriormente foi contratado como músico do Palácio de Versailles em 1676. Teve sucesso como músico da corte e, em 1679, foi indicado ordinaire de la chambre du roy pour la viole, título que manteve até 1725. Logo ingressou na orquestra da Ópera de Paris, destacando-se como virtuose da gamba - conhecido internacionalmente pela sonoridade e técnica soberbas - e compositor. Escreveu quatro óperas, mas ficou mais conhecido por sua imaginativa música instrumental, que abrange desde peças breves e simples a experimentos virtuosísticos em que faz uso de todos os tons. A partir de 1709, Marais retirou-se da vida pública". Não deixe de ouvir sua música inspirada, repleta de um virtuosismo criativo. O disco possui quase duas horas e vinte minutos de música da mais alta qualidade. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Marin Marais (1656-1728) - 

01. Suite no.I in A minor: Prelude: Lentement [Book III, no.11]
02. Suite no.I in A minor: Fantaisie [Book III, no.1]
03. Suite no.I in A minor: Allemande [Book III, no.2]
04. Suite no.I in A minor: Courante [Book III, no.3]
05. Suite no.I in A minor: Sarabande [Book III, no.4]
06. Suite no.I in A minor: Gigue & Double [Book III, no.5&6]
07. Suite no.I in A minor: Grand Ballet [Book III, no.13]
08. Suite no.IV in D major: Prelude [Book III, no.40]
09. Suite no.IV in D major: Fantaisie [Book III, no.41]
10. Suite no.IV in D major: Rondeau [Book III, no.54]
11. Suite no.IV in D major: Plainte [Book III, no.55]
11. Suite no.IV in D major: La Brillante [Book III, no.57]
12. Suite no.IV in D major: La Folette [Book III, no.45]
13. Suite no.VII in G major: Prelude [Book III, no.92]
14. Suite no.VII in G major: Allemande La Magnifique & Double [Book III, no.96&97]
15. Suite no.VII in G major: Courante [Book III, no.98]
16. Suite no.VII in G major: Sarabande Grave [Book III, no.99]
17. Suite no.VII in G major: Gigue à l'Angloise [Book III, no.100]
18. Suite no.VII in G major: Menuet [Book III, no.103]
19. Suite no.VII in G major: La Muzette [Book III, no.105]
20. Suite no.VII in G major: Seconde Muzette [Book III, no.106]
21. Suite no.VII in G major: La Guitare [Book III, no.107]

Jordi Savall, basse de viole. 
Ton Koopman, clavecin 
Hopkinson Smith, theorbe & guitare baroque

Você pode comprar este disco na Amazon


*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - Concertos Nos. 1 & 2; Twenty-four Preludes, op.34

Postagem para finalizar os trabalhos por hoje. O disco traz alguns excertos dos monumentais 24 Prelúdios e Fugas, de Dmitri Shostakovich. O disco ainda traz os dois concertos para piano e orquestra do russo. Ao piano, o jovem Andrei Korobeinikov. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Dmitri Shostakovich (1906-1975) - 

01. Concerto n°1 for piano, trumpet and strings in C minor, op.35 (1933)_ I. Allegretto
02. II. Lento
03. III. Moderato
04. IV. Allegro con brio
05. Twenty-four Preludes, op.34 (1933)_ I. Moderato
06. II. Allegretto
07. III. Andante
08. IV. Moderato
09. V. Allegro vivace
10. VI. Allegretto
11. VII. Andante
12. VIII. Allegretto
13. IX. Presto
14. X. Moderato non troppo
15. XI. Allegretto
16. XII. Allegro non troppo
17. XIII. Moderato
19. XV. Allegretto
20. XVI. Andantino
21. XVII. Largo
22. XVIII. Allegretto
23. XIX. Andantino
24. XX. Allegretto furioso
25. XXI. Allegretto poco moderato
26. XXII. Adagio
27. XXIII. Moderato
28. XXIV. Allegretto
29. Concerto n°2 for piano and orchestra in F major, op.102 (1957)_ I. Allegro
30. II. Andante
31. III. Allegro (attacca)

Lahti Symphony Orchestra
Okko Kamu, direção
Mikhail Gaiduk, trompete
Andrei Korobeinikov, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Requiem Music for All Saints & All Souls

O réquiem é uma forma litúrgica cantada em homenagem aos mortos. A palavra réquiem significa "descanso". Então, executar uma missa de réquiem é cantar pelo descanso da alma daquele que morreu. Trata-se de uma música bonita e triste. É o que se pode perceber neste disco. O título já sugere qual é o objetivo do disco. Ouvi-o com o leve e prazeroso enlevo. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. O quam gloriosum
02. Give us the wings of faith
03. Factum est silentium
04. Give me the wings of faith
05. 3 Motets, Op. 38_ I. Justorum animae
06. And I saw a new heaven
07. Justorum animae
08. Versa est in luctum
09. I. Taedet animam meam
10. Introitus
11. Kyrie
12. Graduale
13. Offertorium
14. Sanctus; Benedictus
15. Agnus Dei I, II & III
16. Communio
17. Versa est in luctum
18. Responsorium

Choir of Clare College, Cambridge 
Graham Ross, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Great Conductors of the 20th Century - Ormandy - Brahms, R. Strauss, Webern, Kabalevsky etc

Esta série é fantástica. Ela se propõe a reunir os principais regentes do século XX e algumas de suas gravações notáveis. Já postei alguns desses fabulosos discos. Hoje temos outro grande disco e outro grande regente. Estamos falando de nada mais nada menos do que Eugene Ormandy, uma das figuras principais da regência do século XX. Curioso é chegar à conclusão de que tudo o que eu escutei de Ormandy, nunca me decepcionou. O maestro é húngaro de nascimento. Faz parte daquela geração poderosa que trouxe ao mundo nomes como Dorati e Szell. O disco já começa com um registro monumental - a Quarta de Brahms. Logo em seguida, outros nomes vão aparecendo. Trata-se de um repertório excelente. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

DISCO 01

01. Brahms- Symphony No 4- I. Allegro non troppo
02. Brahms- Symphony No 4- II. Andante moderato
03. Brahms- Symphony No 4- III. Allegro giocoso - Poco meno presto - Tempo I
04. Brahms- Symphony No 4- IV. Allegro energico e passionato - Piu Allegro
05. Strauss- Don Juan
06. Webern- In Sommerwind

DISCO 02

01. Kabalevsky- Colas Breugnon- Overture
02. Rachmaninov- Symphony No 2- I. Largo - Allegro moderato
03. Rachmaninov- Symphony No 2- II. Allegro molto
04. Rachmaninov- Symphony No 2- III. Adagio
05. Rachmaninov- Symphony No 2- IV. Allegro vivace
06. Sibelius- Lemminkainen Suite- Lemminkainen's Return

The Philharmonia Orchestra
Symphonieorchester des Bayerischen Rundfunks
Eugene Ormandy, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - Violin Concerto In D, Op.35

Este disco saiu este ano. Trata-se de uma parceria do veterano Vladimir Ashkenazy com a jovem violinista Esther Yoo. Devo afirmar que não gostei da abordagem, apesar de as obras serem bonitas e de uma grande riqueza melódica como é típico em Tchaikovsky. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Piotr I. Tchaikovsky (1840-1893) - 

01. Tchaikovsky_ Violin Concerto In D, Op.35, TH. 59-1. Allegro moderato
02. Tchaikovsky_ Violin Concerto In D, Op.35, TH. 59-2. Canzonetta (Andante)
03. Tchaikovsky_ Violin Concerto In D, Op.35, TH. 59-3. Finale (Allegro vivacissimo)
04. Tchaikovsky_ Pas de deux
05. Tchaikovsky_ Danse Russe
06. Tchaikovsky_ Sérénade mélancolique in B flat minor, Op.26, TH 56
07. Tchaikovsky_ Valse-Scherzo, Op.34
08. Tchaikovsky_ Souvenir d'un lieu cher, Op.42

Philharmonia Orchestra
Vladimir Ashkenazy, regente
Esther Yoo, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 13 de agosto de 2017

Béla Bartók (1881-1945) - Violin Concerto No. 2 & Violin Concerto No. 1

Baita disco para finalizar os trabalhos no dia de hoje. O disco traz os dois concertos para violino escritos por um monstro chamado Béla Bartók. A interpretação também é excelente. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Béla Bartók (1881-1945) - 

01-Violin Concerto No. 2  - Allegro non troppo
02-Violin Concerto No. 2  - Andante tranquillo
03-Violin Concerto No. 2  - Allegro molto
04-Violin Concerto No. 1 - Andante sostenuto
05-Violin Concerto No. 1 - Allegro giocoso

Orchestre de la Suisse Romande
Marek Janowski, regente
Arabella Sleinbacher, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No.8 in C Minor, WAB 108

Mais uma sensacional versão da Oitava de Bruckner. Tenho postado esparsamente algumas sinfonias do compositor austríaco com o veterano maestro Stanislaw Skrowaczewski. Não posso me negar a dizer que são versões excelentes. São gravações realizadas ao vivo. A poderosa Oitava, uma das sinfonias de Bruckner mais famosas, acredito, é o trabalho mais poderoso entre aqueles que postei com o maestro. Nível alto! A gravação é do ano de 2010. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

01. 01 - Symphony No.8 in C Minor, WAB 108, 1. Allegro moderato
02. 02 - Symphony No.8 in C Minor, WAB 108, 2. Scherzo Allegro moderato
03. 03 - Symphony No.8 in C Minor, WAB 108, 3. Adagio Feierlich langsam; doch nicht schleppend
04. 04 - Symphony No.8 in C Minor, WAB 108, 4. Finale Feierlich, nicht schnell

Yomiuri Nippon Symphony Orchestra, Tokyo 
Stanislaw Skrowaczewski, regente
Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!



sábado, 12 de agosto de 2017

Le Concert Spirituel Au temps de Louis XV - Corelli, Telemann & Rameau

Jordi Savall é um mestre inquestionável. Sua contribuição à música é grandiosa, sem mencionar suas pesquisas nos arquivos de música medieval e da Renascença. Neste disco, por exemplo, a incursão se faz com três compositores do período barroco - Corelli, Telemann e Rameau. Trata-se de um disco bastante bonito, principalmente as obras de Corelli e Telemann. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Concerto Grosso in D major, Op. 6_4_ Adagio
02. Concerto Grosso in D major, Op. 6_4_ Allegro
03. Concerto Grosso in D major, Op. 6_4_ Adagio
04. Concerto Grosso in D major, Op. 6_4_ Vivace
05. Concerto Grosso in D major, Op. 6_4_ Allegro
06. Concerto Grosso in D major, Op. 6_4_ Allegro
07. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
08. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
09. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
10. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
11. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
12. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
13. Overture, suite for viola da gamba, 2 oboes, strings & continuo in D major, T
14. Concerto for recorder, viola da gamba, strings & continuo in A minor, TWV 52_
15. Concerto for recorder, viola da gamba, strings & continuo in A minor, TWV 52_
16. Concerto for recorder, viola da gamba, strings & continuo in A minor, TWV 52_
17. Concerto for recorder, viola da gamba, strings & continuo in A minor, TWV 52_
18. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
19. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
20. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
21. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
22. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
23. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
24. Overture, suite for 2 flutes, strings & continuo in E minor (Tafelmusik I_1),
25. Les Indes galantes, opéra-ballet_ Air pour les guerriers portans les Drapeaux
26. Les Indes galantes, opéra-ballet_ Air pour les Amants qui suivent Bellone Len
27. Les Indes galantes, opéra-ballet_ Orage
28. Les Indes galantes, opéra-ballet_ Air pour les Esclaves Africains
29. Les Indes galantes, opéra-ballet_ Air pour Borée et la Rose Très vite
30. Les Indes galantes, opéra-ballet_ 2ème Air pour Zéphire
31. Les Indes galantes, opéra-ballet_ Tambourins 1 et 2

Les Concerts des Nations
Jordi Savall, viole de gambe & direction

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Édouard Lalo (1823-1892) - Concerto russe, Op.29, Romance-Serenade for violin and orchestra, Piano Concerto etc

Édouard Lalo foi um compositor francês de ascendência espanhola, de obra necessariamente romântica. A peça mais conhecida de sua autoria é a monumental Sinfonia Espanhola. Desde a mocidade, Lalo sempre teve a sua vida ligada à música. Durante muitos anos foi professor. Escreveu obras de grande beleza e riqueza melódica. Neste disco encontramos duas obras bastante sintomáticas: o Concerto Russo e o Concerto para piano, duas obras de estrutura refinada. Não deixe de ouvir este bonito disco. Uma boa apreciação!

Édouard Lalo (1823-1892) - 

01. Concerto russe, Op.29 - I. Prelude - Allegro
02. Concerto russe, Op.29 - II. Chants russes. Lento
03. Concerto russe, Op.29 - III. Intermezzo. Allegro non troppo
04. Concerto russe, Op.29 - IV. Introduction - Chants russes. Andante - Vivace
05. Romance-Serenade for violin and orchestra
06. Fantaisie-ballet for violin and orchestra
07. Guitare for violin and orchestra, Op.28
08. Piano Concerto - I. Lento - Allegro
09. Piano Concerto - II. Lento
10. Piano Concerto - III. Allegro

Tapiola Sinfonietta
Kees Bakels, regente
Pierre-Alain Volondat, piano
Jean-Jacques Kantorow, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


Jazz - Sonny Rollins with Elvin Jones & Wilbur Ware

Um sensacional disco de jazz, gravado em 3 de novembro de 1957. Sonny Rollins ainda está vivo. Está próximo dos noventa anos. É uma verdadeira lenda viva do movimento. Aqui temos uma brilhante apresentação do grande música ao lado de Elvin Jones e Wilbur Ware. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Sonny Rollins with Elvin Jones & Wilbur Ware

01 - A Night in Tunisia
02 - Old Devil Moon
03 - Striver's Row
04 - I Can't Get Started
05 - I've Got You Under My Skin
06 - Softly as in a Morning Sunrise
07 - Sonnymoon for Two
08 - What Is This Thing Called Love

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Anthem - Great British Hymns & Choral Works

Este disco é bastante curioso. Trata-se de um disco com uma música bastante bonita e agradável. Encontramos nele hinos para o serviço sagrado, ou seja, são canções para serem louvadas em igrejas. No caso em questão, elas são cantadas em igrejas de países de tradição inglesa. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação e reverente apreciação!

01. Zadok the Priest, HWV 258
02. And I Saw a New Heaven
03. 3 Motets, Op. 2_ No. 1, Ave, verum corpus
04. O How Amiable
05. Jubilate Deo
06. The Old Hundredth Psalm Tune
07. Songs of Farewell_ No. 1, My Soul, There Is a Country
08. Give Unto the Lord, Op. 74
09. 2 Psalms, H117_ No. 2, Psalm 148
10. The Crucifixion_ No. 9, God So Loved the World
11. A New Song
12. 3 Anthems, Op. 27_ No. 2, God Is Gone Up
13. Seek Him that Maketh the Seven Stars
14. I Was Glad

Huddersfield Choral Society
Thomas Trotter, organ
Aidan Oliver, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Béla Bartók (1881-1945) - String Quartets Nos. 2, 4 & 6

Os dois últimos dias foram bastante intensos para mim. Muito trabalho. Sono ineficiente. Ruína física. E muito cansaço. Por isso, não houve postagem. Hoje à noite, eu trouxe um disco sensacional para me redimir pela ausência dos dois últimos dias. O disco apresenta três das obras mais incríveis escritas durante o século XX. São verdadeiramente três dos seis quartetos de cordas de Bartók. Pode-se afirmar que são obras viscerais, daqueles que dão um soco no estômago, dada a beleza e o poder revolucionário de suas escritas. Se Bartók tivesse escrito somente estes seis quartetos, já seria suficiente para colocá-lo no rol dos mestres supremos da música. O Jerusalem Quartet nos proporciona um excelente espetáculo. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Béla Bartók (1881-1945) -

01. Jerusalem Quartet - String Quartet No.2, Op.17, Sz.67 - I. Moderato
02. Jerusalem Quartet - String Quartet No.2, Op.17, Sz.67 - II. Allegro molto capriccioso
03. Jerusalem Quartet - String Quartet No.2, Op.17, Sz.67 - III. Lento
04. Jerusalem Quartet - String Quartet No.4, Sz.91 - I. Allegro
05. Jerusalem Quartet - String Quartet No.4, Sz.91 - II. Prestissimo, con sordino
06. Jerusalem Quartet - String Quartet No.4, Sz.91 - III. Non troppo lento
07. Jerusalem Quartet - String Quartet No.4, Sz.91 - IV. Allegretto pizzicato
08. Jerusalem Quartet - String Quartet No.4, Sz.91 - V. Allegro molto
09. Jerusalem Quartet - String Quartet No.6, Sz.114 - I. Mesto - Piщ mosso, pesente - Vivace
10. Jerusalem Quartet - String Quartet No.6, Sz.114 - II. Mesto - Marcia
11. Jerusalem Quartet - String Quartet No.6, Sz.114 - III. Mesto - Burletta. Moderato
12. Jerusalem Quartet - String Quartet No.6, Sz.114 - IV. Mesto

Jerusalem Quartet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Arcangello Corelli (1653-1713) - Concerti Grossi, Op. 6 Nos. 1 - 6

Entre os grandes nomes da música barroca, acredito que a música de Corelli e Albinoni estejam entre aquelas que possuem uma beleza intrínseca única. Em relação a Corelli pouca coisa se sabe de sua vida. O que se sabe mesmo é que ele foi maestro, violinista, professor entre outros atributos. Não escreveu uma obra extensa. O conjunto que chegou até nós é constituído basicamente por sonatas. Aqui temos um extraordinário disco com a riqueza melódica com a música do compositor. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Arcangello Corelli (1653-1713) -

DISCO 01

01. Concierto para Violin No.1 in D-major Op.6 I Largo, Allegro
02. Concierto para Violin No.1 in D-major Op.6 II Largo, Allegro
03. Concierto para Violin No.1 in D-major Op.6 III Largo, Allegro
04. Concierto para Violin No.1 in D-major Op.6 IV Allegro
05. Concierto para Violin No.2 in F-major Op.6 I Vivace, Allegro, Adagio, Vivace
06. Concierto para Violin No.2 in F-major Op.6 II Allegro
07. Concierto para Violin No.2 in F-major Op.6 III Grave, Andante largo, Allegro
08. Concierto para Violin No.3 in C-minor Op.6 I Largo, Allegro
09. Concierto para Violin No.3 in C-minor Op.6 II Grave, Vivace
10. Concierto para Violin No.3 in C-minor Op.6 III Allegro
11. Concierto para Violin No.4 in D-major Op.6 I Adagio, Allegro
12. Concierto para Violin No.4 in D-major Op.6 II Adagio, Vivace
13. Concierto para Violin No.4 in D-major Op.6 III Allegro, Allegro
14. Concierto para Violin No.5 in B-major Op.6 I Adagio, Allegro, Adagio
15. Concierto para Violin No.5 in B-major Op.6 II Allegro
16. Concierto para Violin No.5 in B-major Op.6 III Largo, Allegro
17. Concierto para Violin No.6 in f-minor Op.6 I Largo, Allegro
18. Concierto para Violin No.6 in f-minor Op.6 II Largo, Vivace
19. Concierto para Violin No.6 in f-minor Op.6 III Allegro

DISCO 02

01. Concerto No.7 in D major - Vivace Allegro, Adagio
02. Concerto No.7 in D major - Allegro
03. Concerto No.7 in D major - Andante largo, Allegro
04. Concerto No.7 in D major - Vivace
05. Concerto No.8 in G minor - Vivace, Grave
06. Concerto No.8 in G minor - Allegro
07. Concerto No.8 in G minor - Adagio, Allegro, Adagio
08. Concerto No.8 in G minor - Vivace
09. Concerto No.8 in G minor - Allegro, largo
10. Concerto No.9 in F major - Largo (Prelude)
11. Concerto No.9 in F major - Allegro (Almande)
12. Concerto No.9 in F major - Vivace (Comente)
13. Concerto No.9 in F major - Allegro (Gavotta)
14. Concerto No.9 in F major - Adagio Vivace (Menuetto)
15. Concerto No.10 in major - Andante largo (Preludo)
16. Concerto No.10 in major - Allegro (Almande)
17. Concerto No.10 in major - Adagio Vivace (Comente)
18. Concerto No.10 in major - Allegro
19. Concerto No.10 in major - Vivace (Menuetto)
20. Concerto No.11 in B flat major - Andante largo (Prelude)
21. Concerto No.11 in B flat major - Allegro (Almande)
22. Concerto No.11 in B flat major - Adagio (Sarabande)
23. Concerto No.11 in B flat major - Vivace (Giga)
24. Concerto No.12 in F major - Adagio (Prelude)
25. Concerto No.12 in F major - Allegro
26. Concerto No.12 in F major - Adagio, Vivace (Sarabande)
27. Concerto No.12 in F major - Allegro (Giga)

Slovak Chamber Orchestra
Bohdan Warchal, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Benjamin Britten (1913-1976) - Third Suite, op. 87, Johann Sebasntian Bach (1685-1750) - Suite VI in D Major BWV 1012 e György Ligeti (1923-2006) - Sonata

Um disco de grande beleza. Traz três compositores bastante distintos pela época em que viveram e pela obra que escreveram - claro, Britten e Ligeti estão incrustados no chão do século XX. Os três compositores são geniais. Não há o que contestar. O violoncelista Miklós Perényi nos conduz pelos corredores inefáveis da sonoridade do violoncelo. Algo realmente mágico. Destaque para a Third Suite, de Benjamin Britten. Em seguida aparece a Suite VI, do BWV 1012, de Bach. Fecha disco a Sonata de Ligeti. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

01. Third Suite, op. 87_ Introduzione. Lento
02. Third Suite, op. 87_ Marcia. Allegro
03. Third Suite, op. 87_ Canto. Con moto
04. Third Suite, op. 87_ Barcarola. Lento
05. Third Suite, op. 87_ Dialogo. Allegretto
06. Third Suite, op. 87_ Fuga. Andante espressivo
07. Third Suite, op. 87_ Recitativo. Fantastico
08. Third Suite, op. 87_ Moto perpetuo. Presto
09. Third Suite, op. 87_ Passacaglia. Lento solenne
10. Suite VI in D Major BWV 1012_ Prelude
11. Suite VI in D Major BWV 1012_ Allemande
12. Suite VI in D Major BWV 1012_ Courante
13. Suite VI in D Major BWV 1012_ Sarabande
14. Suite VI in D Major BWV 1012_ Gavotte I - II
15. Suite VI in D Major BWV 1012_ Gigue
16. Sonata (1948_53)_ Dialogo. Adagio, rubato, cantabile
17. Sonata (1948_53)_ Capriccio. Presto con slancio

Miklós Perényi, violoncelo


Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

The Sound of Piazzolla

Discaço! O registro é resultado da compilação das principais obras do compositor argentino Astor Piazzolla, um dos gênios mais viscerais da música do século XX. Ouvir estas músicas faz com que sintamos o cheiro de Las calles de Buenos Aires. O charme indefinível da cidade; de seus prédios; de suas ruas com trânsito frenético. Ao ouvir os fragmentos de María de Buenos Aires não há como não sentir os incondicionais eflúvios de uma nostalgia profunda. A Argentina é um país fantástico. Piazzolla foi um artista capaz de transmitir, decodificar esses sinais profundos e misteriosos que criam o charme inexorável do seu país. O disco traz inúmeros intérpretes - de Gidon Kremer a Rostropovich; dos argentinos Argerich e Baremboim; a Alison Balsom ao Alban Berg Quartett. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Astor Piazzolla (1912-1992) - 

01. Libertango - Alison Balsom
02. Tre Tanghi II. Oblivion - Martha Argerich
03. María de Buenos Aires Fuga y misterio - Die 12 Cellisten der Berliner Philharmoniker
04. Cuatro estaciones porteñas No. 3 Primavera porteña - Daniel Barenboim
05. Cuatro estaciones porteñas No. 1 Verano Porteño (Tempo di Tango) - Jacques Ammon
06. Cuatro estaciones porteñas No. 2 Otoño porteño - David Aaron Carpenter
07. Cuatro estaciones porteñas No. 4 Invierno Porteño (Buenos Aires Winter) - Tine Thing Helseth
08. History of the Tango I. Bordel 1900 - Emmanuel Pahud, Christian Rivet
09. Tango Sensations No. 1 Asleep - Alban Berg Quartett
10. Le Grand Tango - Mstislav Rostropovich
11. Adiós Nonino (Arr. Julio Medaglio) - Die 12 Cellisten der Berliner Philharmoniker
12. La muerte del ángel - Manuel Barrueco
13. Los pájaros perdidos - Philippe Jaroussky
14. Esqualo - Alison Balsom
15. Concierto del Ángel I. Introducción al Ángel - Gidon Kremer
16. Concierto del Ángel II. Milonga del Ángel - - Gidon Kremer
17. Concierto del Ángel I. La muerte del Ángel - Gidon Kremer
18. Concierto del Ángel IV. Resurrección del Angel - Gidon Kremer
19. Tango Ballet I. Titulos - Gidon Kremer
20. Tango Ballet II. La Calle - Gidon Kremer
21. Tango Balllet III. Encuentro-Olvido - Gidon Kremer
22. Tango Ballet IV. Cabaret - Gidon Kremer
23. Tango Ballet V. Soledad - Gidon Kremer
24. Tango Ballet VI. La Calle - Gidon Kremer
25. María de Buenos Aires Alevare - Gidon Kremer
26. María de Buenos Aires Yo soy María - Gidon Kremer
27. María de Buenos Aires Fuga y Misterio - Gidon Kremer
28. María de Buenos Aires Misere Canyengue de los Ladrones Antiguos en las Alcantarillas - Gidon Kremer
29. María de Buenos Aires Tangata del Alba - Gidon Kremer
30. María de Buenos Aires Milonga de la Anunciación - Gidon Kremer
31. María de Buenos Aires Tangus Dei - Gidon Kremer

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

G. F. Handel (1685-1759) - Coronation Anthems

Handel é o compositor alemão mais inglês de todos os tempos. O compositor chegou à Inglaterra ainda bastante jovem e aos poucos se consolidou como um compositor palaciano dos mais respeitados. Escreveu inúmeras obras com motivos reais. Neste disco, por exemplo, encontramos o bonito Hino de coração do monarca do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. Outros compositores também escreveram obras com esta mesma finalidade, mas o trabalho de Handel é o mais famoso. Não deixe de ouvir esse bonito trabalho. Uma boa apreciação!

G. F. Handel (1685-1759) -

(01) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Zadok the Priest - Zadok the Priest
(02) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Zadok the Priest - And all the people rejoic'd
(03) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Zadok the Priest - God save the King
(03) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Zadok the Priest - God save the King
(04) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Let thy hand be strengthened - Let thy hand be strengthened
(05) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Let thy hand be strengthened - Let justice and judgment
(06) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Let thy hand be strengthened - Alleluia!
(07) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] The King shall rejoice - The King shall rejoice
(08) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] The King shall rejoice - Exceeding glad shall he be
(09) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] The King shall rejoice - Glory and worship
(10) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] The King shall rejoice - Thou hast prevented him
(11) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] The King shall rejoice - Alleluia!
(12) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] My heart is inditing - My heart is inditing
(13) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] My heart is inditing - Kings' daughters
(14) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] My heart is inditing - Upon thy right hand
(15) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] My heart is inditing - Kings shall be thy nursing fathers
(16) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Robin Blaze (countertenor), ...
(17) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(18) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(19) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Robin Blaze (countertenor) -...
(20) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(21) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(22) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Susan Gritton (soprano), Rob...
(23) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(24) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(25) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...
(26) [Stephen Cleobury - The Academy of Ancient Music, Choir of King's College (Cam...] Ode for the Birthday of Queen Anne - (9.) The day that gave

The Academy of Ancient Music
Choir of King's College
Stephen Cleobury, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

domingo, 6 de agosto de 2017

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Symphony No. 3 in E-Flat Major, Op. 55 - Eroica & Fidelio, Op. 72 - Overture

A poderosa Sinfonia no. 3, de Beethoven, é um daqueles casos que revelam o idealismo e o romantismo da produção cultural europeia. Ela possui um espectro dramático por trás. Um compositor apaixonado, antenado aos movimentos políticos e estéticos do seu tempo; um transe histórico repleto de altos e baixos. De um lado, Beethoven, sua genialidade, seu caráter inquebrável; sua seriedade e sua paixão pelos valores firmes da virtude. Do outro lado, Napoleão e seu engenho megalomaníaco; a materialização da expectativa do libertador, daquele que encarna a democracia. A Eroica é um dos trabalhos mais emblemáticos de Beethoven. A começar pelo segundo movimento, conhecido como Marcha fúnebre, uma das reflexões mais duras e pungentes da história da música. Eis aqui um excelente versão com Vladimir Jurowski. Ainda há a presença da Abertura da ópera Fidélio. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - 

01. Symphony No. 3 in E-Flat Major, Op. 55 _Eroica__ I. Allegro con brio
02. Symphony No. 3 in E-Flat Major, Op. 55 _Eroica__ II. Marcia funebre_ Adagio assai
03. Symphony No. 3 in E-Flat Major, Op. 55 _Eroica__ III. Scherzo_ Allegro vivace
04. Symphony No. 3 in E-Flat Major, Op. 55 _Eroica__ IV. Finale_ Allegro molto
05. Fidelio, Op. 72_ Overture

London Philharmonic Orchestra
Vladimir Jurowski, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Anton Bruckner (1824-1896) - Symphony No.7 in E Major, WAB 107

A Sinfonia No. 7, de Bruckner, é um dos seus trabalhos mais conhecidos do compositor. E foi com ele que Bruckner teve, finalmente, o reconhecimento necessário alcançado. Foi escrito entre os anos de 1881 e 1883. Bruckner à época da escrita já era um senhor respeitável. A estreia se deu no ano de 1884. Um ano mais tarde, Bruckner fez uma revisão no trabalho - como lhe era costumeiro. A Sétima é uma catedral, uma estrutura sonora e musical de grande envergadura. Bruckner parece buscar inspiração na arquitetura das catedrais góticas para construir o trabalho. A nobreza temática, a estrutura imponente e a leveza espiritual colocam a Sétima em um patamar de grande destaque. Novamente, temos o maestro Stanislaw Skrowaczewski. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Anton Bruckner (1824-1896) - 

01. 01 - Symphony No.7 in E Major, WAB 107, 1. Allegro moderato
02. 02 - Symphony No.7 in E Major, WAB 107, 2. Adagio (Sehr feierlich und sehr langsam)
03. 03 - Symphony No.7 in E Major, WAB 107, 3. Scherzo (Sehr schnell)
04. 04 - Symphony No.7 in E Major, WAB 107, 4. Finale (Bewegt, doch nicht schnell)

Yomiuri Nippon Symphony Orchestra, Tokyo
Stanislaw Skrowaczewski, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!


sábado, 5 de agosto de 2017

Franz Schubert (1797-1828) - Piano sonata in B-Flat Major, D. 960 e Piano Sonata in in A Major, D. 664

Disquinho com a obra de Schubert para terminarmos bem o dia. Trata-se de uma música bastante intimista  e - às vezes - pessimista, como percebemos tantas vezes em Schubert. Que nos conduz por essas vias de sensibilidade é o jovem pianista Javier Perianes. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Franz Schubert (1797-1828) -

01. Piano sonata in B-Flat Major, D. 960_ I. Molto moderato
02. Piano sonata in B-Flat Major, D. 960_ II. Andante sostenuto
03. Piano sonata in B-Flat Major, D. 960_ III. Scherzo. Allegro vivace con delicatezza-Trio
04. Piano sonata in B-Flat Major, D. 960_ IV. Allegro, ma non troppo
05. Piano Sonata in in A Major, D. 664_ I. Allegro moderato
06. Piano Sonata in in A Major, D. 664_ II. Andante
07. Piano Sonata in in A Major, D. 664_ III. Rondo. Allegro

Javier Perianes, piano

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Gustav Mahler (1860-1911) - Symphony No.2 in C minor - "Resurrection"

A Sinfonia No. 2 é um dos mais poderosos trabalhos escritos por Mahler. Foi elaborada entre 1888 e 1894 - embora tenha sido publicada somente em 1897. Por vincular o seu tema com o cristianismo, é chamada de Sinfonia Ressurreição. É o primeiro trabalho em que Mahler utiliza a voz humana tal qual Beethoven fizera com a Nona Sinfonia. Nota-se uma profunda influência de Bruckner e Wagner em sua orquestração. Mahler possuía um origem judia, mas como era típico de sua personalidade, a temática religioso-filósofica que punha frente a frente a morte e a vida, sempre absorvia o compositor. No trabalho, ele busca responder à pergunta: "Por que se vive?". A vida nos conduz inexoravelmente à morte. O cristianismo diz possuir a resposta, pois a ressurreição de Cristo é uma promessa - para aquele que crer - que a morte é apenas um detalhe. Ao final, a ressurreição será o triunfo, a vitória magnânima da vida sobre a morte. Não deixe de ouvir este instigante trabalho. Uma boa apreciação!

Gustav Mahler (1860-1911) - 

DISCO 01

01. Mahler_Symphony No.2 _Resurrection_ 1st movement

DISCO 02 

01. Mahler_Symphony No.2 _Resurrection_ 2nd movement
02. Mahler_Symphony No.2 _Resurrection_ 3rd movement
03. Mahler_Symphony No.2 _Resurrection_ 4th movement
04. Mahler_Symphony No.2 _Resurrection_ 5th movement

Czech Philharmonic Orchestra
Zdenêk Mácal, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Krzysztof Penderecki (1933- ) - Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit', Dies irae & Aus den Psalmen Davids

Penderecki é um dos gênios ainda vivos da música do século XX, assim como Arvo Pärt ou Phillip Glass. É sempre bom escutar a sua música, que acontece como uma experiência de choque. Sua música religiosa mais assusta do que edifica. É uma música sombria, repleta de camadas e matizes sonoros que fazem lembrar emoções fúnebres, desoladas, repleta de fantasmas amedrontadores. Um exemplo neste disco é Aus den Psalmen Davids, baseada nos salmos de Davi. De qualquer forma, não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Krzysztof Penderecki (1933- ) -

01. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Nachts
02. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Ende des Herbstes (1. Strophe)
03. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Bei einer Linde
04. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Flieder
05. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Fruhlingsnacht
06. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Ende des Herbstes (2. Strophe)
07. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Sag' ich's Euch, geliebte Baume_
08. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Im Nebel
09. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Verganglichkeit
10. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Ende des Herbstes (3. Strophe)
11. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - Herbsttag
12. Symphony No. 8, 'Lieder der Verganglichkeit' - O gruner Baum des Lebens
13. Dies irae - Lamentatio
14. Dies irae - Apocalypsis
15. Dies irae - Apotheosis
16. Aus den Psalmen Davids - I. Psalm 28 (27)
17. Aus den Psalmen Davids - II. Psalm 30 (29)
18. Aus den Psalmen Davids - III. Psalm 43 (42)
19. Aus den Psalmen Davids - IV. Psalm 143 (142)

Warsaw National Philharmonic Orchestra
Warsaw National Philharmonic Choir
Antoni Wit, regente

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Edward Elgar (1857-1934) - Violin Concerto in B minor, Op.61, Alternative cadenza for the Violin Concerto, Interlude from 'The Crown of India', Op.66 etc

Este disco não me entusiasmou. Apesar de o Concerto para violino de Elgar ser uma joia, essa gravação da Chandos, com Andrew Davis e a violinista Tasmin Little, deixou a desejar. Achei a sonoridade um tanto quanto tímida. As passagens mais bonitas e líricas da obra ficaram apagadas. O disco ainda traz o Interlude from 'The Crown of India', Op.66, que é outra obra famosa do compositor inglês. Finaliza com o poema sinfônico Polonia, Op.76. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Edward Elgar (1857-1934) -

01. Violin Concerto in B minor, Op.61 - I. Allegro
02. Violin Concerto in B minor, Op.61 - II. Andante
03. Violin Concerto in B minor, Op.61 - III. Allegro molto
04. Alternative cadenza for the Violin Concerto
05. Interlude from 'The Crown of India', Op.66
06. Polonia, Op.76

Royal Scottish National Orchestra
Sir Andrew Davis, regente
Tasmin Little, violino

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Francesco Cavalli (1602-1676) - Vespero della Beata Vergine Maria & Musiche sacre

Que música tão bonita e delicada é a música de Francesco Cavalli!  Francesco Cavalli foi um dos bons compositores italianos do início do século XVII. Nasceu em Veneza. Segundo historiadores, foi aluno de Claudio Monteverdi e, quando este morreu, veio a sucedê-lo entre os grandes nomes da música de veneziana. Cavalli alcançou uma fama robusta com as óperas. Compôs mais de quarenta quando este gênero estava em alta na Europa. Escreveu inúmeras obras e no que tange à música sacra, seguiu os passos do seu mestre. Este disco é de uma leveza e um frescor espirituais incrível. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Francesco Cavalli (1602-1676) -

01. Vespero della Beata Vergine Maria_ Versus_ Deus in adiutorium
02. Vespero della Beata Vergine Maria_ Antifona_ Ave Maria
03. Vespero della Beata Vergine Maria_ Psalmus_ Dixit Dominus
04. Vespero della Beata Vergine Maria_ Antifonia_ Beata Mater
05. Vespero della Beata Vergine Maria_ Psalmus_ Laudate pueri
06. Vespero della Beata Vergine Maria_ Antifona_ Nigra sum
07. Vespero della Beata Vergine Maria_ Psalmus_ Laetatus sum
08. Vespero della Beata Vergine Maria_ Antifona_ Laeva ejus
09. Vespero della Beata Vergine Maria_ Psalmus_ Nisi Dominus
10. Vespero della Beata Vergine Maria_ Antifona_ Speciosa facta es
11. Vespero della Beata Vergine Maria_ Psalmus 147_ Lauda Jerusalem
12. Vespero della Beata Vergine Maria_ Hymnus_ Ave maris stella
13. Vespero della Beata Vergine Maria_ Antifona_ Virgo Potens
14. Vespero della Beata Vergine Maria_ Magnificat_ Magnificat
15. Musiche sacre_ Sonata a 6
16. Musiche sacre_ Ave regina caelorum
17. Musiche sacre_ Regina Caeli laetare
18. Musiche sacre_ Salve Regina
19. Musiche sacre_ Alma redemptoris Mater
20. Musiche sacre_ Canzon a 4

Coro Claudio Monteverdi di Crema
La Pifarescha
Bruno Gini, direção

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Jazz - Art Blakey And The Jazzmessengers - Oh-By The Way

Discaço! Como ouvir um disco desses faz bem! Art Blakey é uma lenda, um mito, um verdadeiro representante do bebop. Seu modo de tocar era bastante característico.  Conseguimos distinguir sua classe e elegância à distância. Era um baterista sensacional, repleto de energia. Blakey é um dos mais sensacionais bateristas da história. Sua parceria ao lado do lendário The Jazzmessengers é outro evento. Se não estou enganado, Oh-By The Way é um disco de 1982. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Art Blakey And The Jazzmessengers - Oh-By The Way

01. Oh-By The Way
02. Duck Soup
03. Tropical Breeze
04. One By One
05. Sudan Blue
06. My Funny Valetine
07. Alicia


Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Arvo Pärt (1936 - ) - Kanon Pokajanen

Desculpem o trocadilho, mas este disco traz uma música simplesmente divina. Pärt é um gênio! Ouvi-lo é entrar em êxtase, passar por um processo catártico e apoteótico. É ser visitado por grandes mistérios; pelas miríades de belezas celestiais. A música de Arvo Pärt enfeitiça quem é submetido aos seus efeitos. O texto do Kanon Pokajanen é tirado do cânon de celebração da Igreja Ortodoxa Russa. São mais de oitenta minutos de pura beleza. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Arvo Pärt (1936 - ) -

DISCO 01

01 - Ode I
02 - Ode III
03 - Ode IV
04 - Ode V
05 - Ode VI

DISCO 02

01 - Kondakion
02 - Ikos
03 - Ode VII
04 - Ode VIII
05 - Ode IX
06 - Prayer after the Canon

Estonian Philharmonic
Chamber Choir
Tönu Kaljuste

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUIparte1
BAIXAR AQUIparte2

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - Clarinet Quintet in A Major K581 e String Quartet in D Minor K421

Neste belo disco com os trabalhos do Quarteto Arcanto, temos a oportunidade de ouvir a música espetacular e capaz de promover mudanças nos espíritos recalcitrantes e empedernidos. O disco reúne duas obras do compositor - como obras cuja beleza não se mede. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação!

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) - 

01. Clarinet Quintet in A Major K581 - I.Allegro
02. Clarinet Quintet in A Major K581 - II.Larghetto
03. Clarinet Quintet in A Major K581 - III.Menuetto
04. Clarinet Quintet in A Major K581 - IV.Allegretto con Variazioni
05. String Quartet in D Minor K421 - I.Allegro moderato
06. String Quartet in D Minor K421 - II.Andante
07. String Quartet in D Minor K421 - III.Menuetto
08. String Quartet in D Minor K421 - IV.Allegretto ma non troppo

Arcanto Quartett
Jörg Widman, clarinet

Você pode comprar este disco na Amazon

BAIXAR AQUI

*Se possível, deixe um comentário. Sua participação é importante. Ela ajuda a manter o nosso blog vivo!